P Tips

Women’s Day: mulheres que fazem história na cultura pop

Ellie - TLOU

No dia 08 de março se comemora o “International Women’s Day”, ou melhor, o Dia Internacional da Mulher. Esta é uma data muito importante para celebrar as conquistas diárias das mulheres.

Quebrando estereótipos antigos, hoje a feminilidade é vista como representação de força e determinação. Princesas que lutam, super-heroínas, atletas, entre diversas outras funções e personagens que esbanjam força, estão tomando o protagonismo nos cinemas, livros e quadrinhos.

O que antes era ocupado em sua maioria por homens, está dando espaço para que as mulheres façam história.

Por isso, neste post, falaremos das personagens femininas que fazem história na cultura pop. Confira:

Rey – Star Wars

Rey era uma humana catadora de sucata que acabou descobrindo ser sensível à “Força” durante a busca pelo Mestre Jedi Luke Skywalker. 

Com o objetivo de trazer uma nova esperança à galáxia que estava em meio a uma guerra, Rey se mostra uma heroína forte nesta obra, sendo a protagonista do filme. A evolução da personagem na última trilogia da saga é tão significante que ela se torna uma das melhores jedi da história. 

A saga que já trazia como uma personagem forte a Princesa Leia, aprimorou ainda mais o poder feminino ao apresentar “Rey”, que já desde sua primeira batalha mostrou habilidades incríveis. 

Hermione Granger – Harry Potter

A nossa bruxa favorita da saga Harry Potter é frequentemente elogiada com a frase “das bruxas da sua idade, você é a mais inteligente”. A personagem mostra, ao longo dos livros, ser além de inteligente, corajosa, forte e pé no chão. 

Pelo seu jeito “mandona”, Hermione acaba irritando um pouco seus colegas que, entretanto, precisam muito dela para resolver diversos problemas. Afinal, ela é a cabeça do “golden trio”

Quanto mais a história ia se alongando, Hermione conquistava mais ainda o coração dos fãs, tornando-se uma inspiração e personagem necessária em quase todas as situações. Sem ela, muitas batalhas poderiam ser perdidas. 

Annalise Harkness – How to Get Away With Murder

“Quem eu sou é uma mulher de 53 anos, da cidade de Memphis, Tennessee, chamada Anna Mae Karkness. Sou ambiciosa, preta, bissexual, raivosa, triste, forte, sentimental, medrosa, feroz, talentosa e exausta.” Essa é uma das frases ditas pela advogada Annalise Harkness, personagem principal da série How to Get Away With Murder.

Annalise é uma mulher que esbanja confiança e independência. Além de advogada, ela é também professora de direito criminal. Na série a personagem mostra seus dois lados: o de uma mulher forte e trabalhadora para o mundo, e também o sentimental para as pessoas próximas. 

Desta forma, a série consegue mostrar como é a realidade de diversas mulheres no mundo em que vivemos. 

Mulher Maravilha – DC Comics

A Mulher-Maravilha é uma super heroína de histórias em quadrinhos da DC Comics.  A amazona foi a primeira super heroína mulher do universo das HQs. Já desde 1940, a Mulher-Maravilha era apresentada como forte e independente. 

Logo tornou-se um dos membros da Sociedade de Justiça da América, primeiro grupo de super-heróis a aparecer historicamente nas Histórias em Quadrinhos. Por ser a primeira mulher super-heroína, ela foi – e ainda é – inspiração para diversas mulheres e crianças.

Ellie Williams – The Last of Us

Personagem central do jogo e agora da série “The Last of Us”, Ellie Williams é a deuteragonista jogável de The Last of Us, e a protagonista jogável de The Last of Us: Left Behind e The Last of Us Part II

No início da história, embora ela seja uma personagem curiosa, Ellie tem muito medo do mundo e dos infectados, mas mesmo assim ela nunca deixa de se impor ou contrariar o seu parceiro de jornada, Joel, quando acha necessário. Graças a sua força e coragem, ela salva a vida dele diversas vezes.

Ellie é um exemplo de evolução e força, não somente física, como mental e emocional para lidar com diversas situações da sua realidade. Mesmo com todas as dificuldades, ela não deixa de persistir com o seu objetivo principal: encontrar a cura e salvar a humanidade.

—-

A visão da mulher apresentada nos dias atuais, além de mais realista, auxilia também no autoconhecimento e autoconfiança. O que antes se atribuía apenas à vulnerabilidade, calma e delicadeza, hoje mostra-se forte, independente, determinada e auto suficiente.

Depois de muita luta, a mulher pode ser quem ela quiser e estar onde quiser. Uma das formas de conquistar ainda mais independência vem a partir do estudo. Aprender um novo idioma, por exemplo, pode te levar a lugares incríveis, sem precisar depender de outros meios de comunicação.

Agende uma aula experimental e veja como um novo idioma pode abrir portas para você!

Compartilhe:

Posts recentes

estudante vendo canal de youtuber em francês
Fun

Treine francês com youtubers

Está aprendendo a falar francês? Que técnicas está usando para treinar? Que tal estudar com youtubers? Isso mesmo! Veja essa lista com os melhores youtubers franceses.